segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Instituto Geológico e o Departamento de Geografia da USP realizaram Ciclo de Palestras Internacionais


 Prof. Dr. Domingos Rodrigues
Prof. Dr. Carlos Valdir de Meneses Bateira

O Instituto Geológico (IG) da Secretaria do Meio Ambiente (SMA) e o Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP) realizaram no mês de outubro de 2012 o Ciclo de Palestras Internacionais. As palestras ocorreram no auditório do IG e foram proferidas por especialistas portugueses.

No dia 10/10 o Palestrante Prof. Dr. Domingos Rodrigues da Universidade da Madeira (Portugal) proferiu a palestra “Desastres Naturais em Ambientes Insulares: exemplo da Madeira e do Timor Leste”, que discutiu o elevado grau de vulnerabilidade e exposição dos ambientes insulares em relação aos desastres naturais, pois a maioria está localizada em zonas de atividade vulcânica, atividade sísmica, em zonas de ciclones tropicais, ou podem ser afetadas pela subida no nível médio das águas do oceano.


No dia 17/10 o Palestrante Prof. Dr. Carlos Valdir de Meneses Bateira da Universidade do Porto (Portugal) proferiu a palestra “Movimentos de Massa: avaliação por métodos estatísticos”, que apresentou o uso de ferramentas dentro de sistemas de Gerenciamento de Informações Espaciais capazes de interpretarem os dados introduzidos e gerar mapas de suscetibilidade a escorregamentos.


O Ciclo de Palestras Internacionais foi realizado no âmbito dos projetos: “Aplicação de geotecnologias na orientação do uso da terra com base nos impactos das mudanças climáticas globais: sub-bacias hidrográficas litorâneas do estado de São Paulo e do estado do Rio de Janeiro”, financiada pelas Fundações de Amparo a Pesquisa de São Paulo (FAPESP) e do Rio de Janeiro (FAPERJ) e “Processos morfodinâmicos em ambiente tropical úmido: avaliação, modelagem e previsão”, financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Realizada a 1ª Reunião do Comitê Deliberativo do Programa Estadual de Prevenção de Desastres Naturais e Redução de Riscos Geológicos (PDN)


Abertura da Reunião com Cel. PM Benedito Roberto Meira e Bruno Covas

Apresentação da Secretária Executiva do GAAE, Maria José Brollo

No dia 25 de outubro de 2012 foi realizada a 1ª Reunião do Comitê Deliberativo do Programa Estadual de Prevenção de Desastres Naturais e Redução de Riscos Geológicos (PDN). A reunião aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, sob coordenação do Secretário-Chefe da Casa Militar e Coordenador Estadual de Defesa Civil Cel. PM Benedito Roberto Meira e contou com a participação do Secretário do Meio Ambiente, Deputado Bruno Covas, além de representantes de mais oito secretarias de estado.

A reunião teve por objetivo a apreciação e aprovação do Plano de Trabalho de curto e médio prazo (2012-2020) do PDN. Este plano foi elaborado pelo Grupo de Articulação de Ações Executivas (GAAE), composto por representantes de Secretarias e Órgãos do Estado com interação na temática, e tem o Instituto Geológico como Secretaria Executiva.

No início da reunião, a geóloga Maria José Brollo, pesquisadora do IG e secretária executiva do GAAE, apresentou aos membros do Comitê o Plano de Trabalho de Curto e Médio Prazo (2012-2015) do PDN desenvolvido pelo grupo, que em seguida foi aprovado pelo comitê por unanimidade. 

Instituído pelo Decreto Estadual nº 57.512 de 11 de novembro de 2011, o PDN trata de um conjunto de ações de prevenção articulados entre várias instâncias estaduais e é responsável pela gestão de acidentes associados a fenômenos naturais, induzidos ou potencializados pelas ações humanas, que tem como foco a prevenção, a redução e a mitigação dos desastres naturais.

Para ver a apresentação clique aqui

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Instituto Geológico participa da Semana Nacional de Redução de Desastres


Jair Santoro palestrando sobre riscos geológicos. (CEDEC)

No dia 08 de outubro de 2012 o pesquisador do Instituto Geológico (IG) Dr. Jair Santoro proferiu palestra para cerca de 250 bombeiros da Corporação na Escola Superior de Bombeiro, em Franco da Rocha. A palestra teve foco na prevenção e na preparação de ações para a Operação Verão 2012/2013 que se inicia junto ao período de chuvas intensas.

Os participantes foram capacitados a realizarem vistorias técnicas e a identificarem feições de instabilidades nas encostas e taludes, sinais indicativos de movimentação de terra em estruturas de alvenaria, evidências de eventos geodinâmicos (deslizamento) e como se deslocarem em segurança em uma situação de risco iminente.

Participaram da solenidade de abertura o secretário-chefe da Casa Militar e coordenador estadual de Defesa Civil, Cel. PM Benedito Roberto Meira, o Comandante do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, Cel. PM Reginaldo Campos Repulho, o Comandante do Corpo de Bombeiros do interior, Cel. PM Marco Aurélio Alves Pinto, e o Comandante da Escola Superior de Bombeiros, Cel. PM Rogério Bernardes Duarte.

A Atividade fez parte das comemorações da Semana Nacional de Redução de Desastres, organizado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (SEDEC) em parceria com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) e contou com o apoio do Corpo de Bombeiros estadual.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Instituto Geológico entrega relatórios de mapeamento de riscos para os municípios de Caçapava e de São José do Rio Preto


            Diretor Geral do Instituto Geológico Ricardo Vedovello
                                          entregando o relatório para a vice prefeita de Caçapava 
                                          Sra. Darcy Breves de Almeida. (CEDEC)

                                          Diretora do Núcleo de Geologia de Engenharia do IG 
                                          Maria José Brollo apresentando o Programa Estadual 
                                          de Prevenção de Desastres Naturais e de Redução de 
                                          Riscos Geológicos. (CEDEC)

O Instituto Geológico (IG) entregou os relatórios técnicos de mapeamento das áreas de risco para dois municípios, Caçapava e São José do Rio Preto, durante a reunião do Comitê para Estudos de Ameaças Naturais e Tecnológicas do Estado de São Paulo (CEANTEC), realizada no dia 25 de setembro de 2012 no Palácio dos Bandeirantes.

Os mapeamentos foram desenvolvidos no escopo de termo de cooperação técnica entre o Instituto Geológico (IG) e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC), que beneficiou nove municípios do Estado.

Os estudos de avaliação e mapeamento de áreas de risco de escorregamentos, inundação, erosão, solapamento, colapso e subsidência tem aplicação imediata no monitoramento de áreas de risco, especialmente em Planos Preventivos de Defesa Civil. Subsidiarão também o planejamento municipal (Planos de Contingência, Planos Diretores) e possibilitarão a obtenção de recursos para a execução de projetos e obras que ajudem a solucionar a situação das áreas de risco.

Para receber os mapeamentos de áreas de riscos compareceram a vice prefeita do município de Caçapava, Sra. Darcy Breves de Almeida, e o Secretário do Meio Ambiente do município de São José do Rio Preto, Sr. José de Lima Bueno.

Durante este mesmo evento foi apresentado o Plano de Trabalho de Curto e Médio Prazo (2012-2020) do Programa Estadual de Prevenção de Desastres Naturais e de Redução de Riscos Geológicos, pela geóloga Maria José Brollo, pesquisadora do IG e secretária executiva do Grupo de Articulação de Ações Executivas do referido plano.


Para ver a apresentação clique aqui
 

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

O Instituto Geológico participou da Praia das Geociências durante o 46° Congresso Brasileiro de Geologia

"Praia das Geociências" montada na praia do Gonzaga, em Santos
 
O Instituto Geológico (IG) participou da organização e foi um dos expositores na Praia das Geociências que aconteceu em Santos simultaneamente ao 46 ° Congresso Brasileiro de Geologia no período de 29 de setembro a 6 de outubro de 2012.

Localizada na orla da praia do Gonzaga com um espaço de 250 m2, a Praia das Geociências teve como objetivo aproximar a Geologia da sociedade, e mostrar para o público a importância das Geociências e sua presença no dia-a-dia. Estima-se que durante os 8 dias de funcionamento mais de 5.000 mil pessoas visitaram a exposição.

Neste verdadeiro museu a céu aberto o IG trouxe ao público uma Casa Mineralógica, uma Escala do Tempo Geológico, objetos da Comissão Geográfica e Geológica, um Mapa Geológico do Estado de São Paulo com amostras de rochas e uma maquete que explica a razão dos prédios inclinados em Santos. Os visitantes do evento receberam folders do Instituto e a cartilha da Coleção Geonatural nº 01 – "Você Sabe o que é Deslizamento?".

O Instituto Geológico participou do 46° Congresso Brasileiro de Geologia

Estande de divulgação científica na EXPOGEO, em Santos

Entre os dias 30 de setembro e 05 de outubro de 2012 aconteceu em Santos o 46º Congresso Brasileiro de Geologia e o 1º Congresso de Geologia do mundo lusófono (Congresso de Geologia dos Países de Língua Portuguesa).

O Instituto Geológico (IG) apoiou a realização do evento, e por meio de seus pesquisadores e técnicos, participou da coordenação de 01 mini curso pré-congresso, de 01 mesa redonda, de 01 sessão técnica, e apresentou mais de 15 trabalhos. O IG também esteve presente na feira de exposições de produtos e serviços em geologia (EXPOGEO) com um estande de divulgação científica onde os visitantes receberam publicações institucionais.

A temática do Congresso “Gerir os recursos naturais para gerar recursos sociais” teve como objetivo reconhecer a importância da geologia para descoberta e uso sustentável dos recursos naturais. O evento reuniu mais de 4.000 pessoas entre especialistas de todo o mundo e, principalmente, dos países de língua portuguesa (Portugal, Angola e Monçambique), pesquisadores, professores de instituições de ensino e pesquisa, estudantes de graduação e pós-graduação, representantes de empresas governamentais, gestores públicos, lideranças políticas, empresários do setor mineral, petrolífero, de recursos hídricos, e de áreas afins, além de organizações não governamentais vinculadas à área.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Dia Internacional para a Redução dos Desastres Naturais

Na segunda Quarta-feira do mês de outubro de cada ano se comemora o Dia Internacional para a Redução dos Desastres Naturais, a data foi instituída pela Assembléia Geral das Nações Unidas, visando fomentar a existência de uma cultura mundial de segurança, responsabilizando os Estados e as organizações, com competências nas áreas da prevenção, planejamento e apoio às vítimas, pela implementação de medidas que visem à redução dos desastres naturais e a diminuição dos seus efeitos. Tratando-se de uma problemática global que carece, na maior parte dos casos, de políticas e soluções também elas globais, este dia destaca-se como um estímulo para que as nações cooperem e procedam à definição de estratégias e metas comuns.